ASSEMBLEIA ON-LINE DIA 20/05 DOS PROFESSORES DA UNIG ITAPERUNA PARA DISCUTIR ATRASO SALARIAL

Maio 14, 2020

O Sindicato dos Professores do Norte e Noroeste Fluminense (Sinpro), no exercício de suas atribuições e com foco na qualidade de atendimento aos anseios de seus filiados, bem como de toda a categoria que representa, informa que, motivado pelo cenário de constantes atrasos nas folhas de pagamento dos docentes da Universidade Iguaçu (UNIG), tem buscado junto à referida instituição o estabelecimento de agenda específica para tratar da questão.

Neste sentido, no dia 29/04/2020, foi protocolado ofício, solicitando proposta para regularização.

No dia 12/05/2020, o Pró-Reitor Administrativo, Sr. José Carlos de Melo, propôs reunião com a direção do SINPRO NNF para tratar da regularização salarial, bem como outras questões de interesse da categoria. Na ocasião foram abordados os seguintes temas:

I- Recuperação Judicial: O Sr. José Carlos afirmou que a UNIG não irá entrar com pedido de recuperação judicial. Especificamente sobre este tópico o SINPRO NNF ressalta que a UNIG é uma associação e a legislação que regulamenta a matéria (Lei 11.101/05) veda o pedido de recuperação judicial para tal entidade.

II- Data da reunião: Ficou estabelecida a data de 23/05/2020.

Pelo motivo exposto, convocamos os professores da UNIG Campus V para assembleia virtual a ser realizada no dia 20/05/2020, às 17h, com o objetivo específico de formular pauta de reivindicações a ser apresentada na reunião com o Pró-Reitor.

Desde já também convocamos os professores para assembleia virtual a ser realizada no dia 25/05/2020, às 17h, onde será apresentado o resultado e eventuais desdobramentos da referida reunião com o Pró-Reitor.

Os links para as reuniões virtuais estarão disponibilizados, com antecedência mínima de 1(uma) hora, nos e-mails e whatsapps cadastrados. Os professores poderão entrar em contato com o sindicato pelo telefone (22) (22) 98813-6302, das 13h às 18h, de segunda a sexta, para atualização de seus cadastros.

Lembramos que o SINPRO NNF exerce a representação judicial e administrativa da classe, porém a legitimidade de suas ações compete a categoria, uma vez que as decisões são discutidas e aprovadas em assembleia.